Radionovela Amor Para Dar já está em fase final de produção

10489986_1120488037980865_2177183233347691744_n

“A boa edição é primordial para o sucesso de uma radionovela”, afirma Diego Oliver, responsável pela sonoplastia de Amor Para Dar.

por Emmanuel Guimarães

A próxima radionovela do projeto de extensão Universitária em Cena já está quase pronta. Para o editor de som do novo folhetim radiofônico, Diego Oliver, tem sido uma experiência transcendental poder se apropriar de linguagens vindas da Era de Ouro. “Amor para Dar, tô terminando, faltando algumas trilhas (sic)”, diz Diego, dando um parecer sobre a quantas anda a finalização da radionovela. Ainda não há data para estreia de Amor para Dar.

A radionovela

Após o sucesso estrondoso que foi a radionovela Cicatrizes da Paixão, vem aí Amor para Dar. A nova radionovela traz à tona uma discussão em torno da homofobia, do amor entre pessoas do mesmo sexo e os joguinhos de uma mãe que não mede esforços para proteger o filho de uma barbaridade que ele cometeu. Curiosos? Amor para Dar é escrita por Alex Carvalho e deve estrear em breve aqui no blog.

Por que produzir Radionovelas?

Em 80 anos de existência, o rádio brasileiro consolidou gêneros e programas de enorme sucesso. A radionovela se tornou um marco na história do rádio, tamanho seu poder de atração sobre o ouvinte. Foram produzidos diversos programas de destaque durante a Era de Ouro do rádio brasileiro, conquistando ouvintes através de artifícios que despertavam a imaginação.

Mais de meio século depois é possível dizer que, ao mesmo tempo em que são famosas devido a Era de Ouro do rádio, as radionovelas hoje quase não têm expressão. A correria do dia a dia aliada ao excesso de informação transformou o rádio.

É com o intuito de resgatar valores e emoções contidos na radionovela que a equipe do Universitária em Cena se propôs a realizar a produção de radionovelas atrativas e atuais, evidenciando a realidade no meio ficcional. As histórias – além de entreter e despertar emoções – têm como objetivo principal conscientizar a população sobre causas sociais.

Com tal motivação e pretensão, foi traçada uma trajetória investigativa dos elementos que proporcionariam maior conhecimento a respeito das radionovelas. Fundamentalmente foi necessária a busca pela ficção, palavra originada do latim fictione (esta última também originada de outra palavra, fingere, cujo significado é atribuído ao ato e/ou efeito de simular algo).

Quer descobrir quais elementos compõem a narrativa radiofônica? Então fique ligado aqui no blog! Nas próximas publicações, vamos trazer detalhes sobre cada um deles!