Link

Amanhã, dia 20, Olinda inaugura a primeira vara especializada em casos de violência doméstica e familiar contra a mulher. A unidade ficará localizada na Comarca de Olinda, na Avenida Carlos de Lima Cavalcanti, em Casa Caiada.

A cerimônia ocorre às 11h pelo desembargador presidente doTJPE, Jovaldo Nunes.

http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/vida-urbana/2012/11/19/interna_vidaurbana,408427/olinda-ganha-vara-especializada-em-violencia-contra-a-mulher-outras-quatro-devem-ser-inauguradas-ate-marco-na-rmr.shtml

Anúncios
por universitariaemcena
Link

A Lei Maria da Penha precisa entrar em ação

Na madrugada desta segunda-feira mais um marido agride violentamente sua própria esposa por flagrá-lo com outra. A esposa, Vanessa Cristina Rodrigues da Silva, informou que foi violentada inúmeras vezes.

Esse caso e tantos outros ainda ocorrem porque a mulher não tem conhecimento da Lei Maria da Pena ou tem medo de denunciar. Se alguém presenciar algum ato de violência contra a mulher denuncie para o 180. Quem denunciar terá sua identidade sob sigilo.

por universitariaemcena
Link

Mapa de Violência 2012 – Atualização: homicídio de mulheres no Brasil

2012 é o sexto ano de vigência da lei 11.340, Lei Maria da Penha como é mais conhecida. O objetivo, mais do que nunca, do governo federal e do sistema de justiça do país é unirem forças para juntos erradicar a violência contra a mulher no Brasil.

Para se ter noção do quadro do números de mulheres assassinas até este ano, foi elaborado um Mapa da Violência 2012 pelo CEBELA  (Centro Brasileiro de Estudos Latino-Americanos)  e FLACSO (Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais).

Saiba mais na matéria do site Agência Patrícia Galvão.

por universitariaemcena
Link

Aumento de denúncias de violência contra a mulher

Hoje, 07/08, a Lei Maria da Penha completa seis em vigor e em levantamento da Secretaria de Políticas Para as Mulheres, da Presidência da República, os números de denúncias são maiores pelos companheiros(são os vários tipos de relacionamento), em torno de 89%, enquanto que 11% são de familiares e conhecidos. 

Os estados que estão em disparado no ranking são: Distrito Federal, Pará, Bahia, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul.

Saiba mais sobre a matéria no clicando no título.

por universitariaemcena
Link

Novo acordo entre Governo e Secretaria de Políticas para as Mulheres!

É assinado acordo de cooperação técnica para realização de ações conjuntas no enfrentamento à violência doméstica e familiar contra à mulher entre a Previdência Social, a Secretaria de Políticas para as Mulheres e o Instituto na última terça-feira (31/07), em Brasília. Na mesma ocasião o INSS e o Instituto Maria da Penha firmam convênio que através da Previdência Social assegura benefícios para as mulheres que sofrerem violência doméstica.

Fique por dentro do acordo e do convênio pelo site Agência de Notícias.

por universitariaemcena
Link

Novo projeto para mudar o rumo da violência contra a mulher

Projeto de integração do ViraVida ao Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra a Mulher foi assinada hoje pela ministra da Secretaria de Políticas para Mulheres da Presidência da República, Eleonora Menicucci, o presidente do Conselho Nacional do SESI, Jair Meneguelli. Com formação profissional, atendimento e empregabilidade para jovens vítimas de violência sexual, o projeto pode se tornar em política pública, segundo a ministra.

 

por universitariaemcena
Link

CPMI da Violência contra a mulher chega a Salvador

Representantes da CPMI da Violência contra a mulher se reúnem em Salvador com o vice-governador, Otto Alencar, para organizar a audiência pública que será realizada na tarde de hoje no Centro Cultural da Câmara Municipal de Salvador com o intuito de conseguir mais parcerias para melhor atender à mulher vítima de violência e a aplicação efetiva da Lei Maria da Penha.

por universitariaemcena
Link

Grupo de gestão para combater a violência contra a mulher no estado da Paraíba

De acordo com o site Portal Pedra Bonita, o Tribunal de Justiça da Paraíba criou grupo de gestão para combater a violência contra a mulher após reunião com representantes de órgãos de defesa da mulher na Paraíba na manhã de ontem (27/06).

O estado da Paraíba ocupa o 4º lugar no ranking nacional de mulheres assassinadas, segundo estatísticas. Esses dados mostram a situação preocupante que se encontra o estado e a pouca assistência que se tem dado as mulheres que residem nessa região.

 

por universitariaemcena
Link

Lançamento da 2ª edição da cartilha dos Direitos da Mulher

Próximo dia 27, o Conselho Municipal de Defesa de Direitos da Mulher do estado de Rondônia lança a 2ª edição da cartilha dos direitos da mulher que tem como base a lei Maria da Penha, com o intuito de esclarecer as mulheres quais são os seus direitos e como assegurá-los.

 

por universitariaemcena